Steel Deck

Para suprir o mercado com alternativa com um novo Steeel Deck com altura de 100 mm, calhas maiores, e um melhor rendimento de "950 mm de largura", desenvolvemos o SD-100.

 

Os ensaios foram realizados junto a UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto, sob a coordenação da Professora Doutora Arlene Maria Sarmanho Freitas

Teste UFOP - Foto 1.jpg
Teste UFOP - Foto 2.jpg
Teste UFOP - Foto 3.JPG

* Clique nas figuras para ampliar.

Diagrama de Montagem

Tabela de Steel Deck

Vão máximo sem escoramento na fase construtiva:

Carga máxima da laje mista em Kgf/m2:

Obs.: O valor do peso próprio não deve ser considerado, já está embutido na tabela.

Consumo de Concreto:

Observações:

 

    -  O steel deck é fabricado com aço ZAR280 ou equivalente, de acordo com a NBR7008, possui espessura de 0,8 mm a 1,50 mm, e largura útil de 950 mm.

 

    - Para a execução da laje mista, deve ser empregado um concreto com fck (resistência mínima a compressão) de 25MPa.

 

    - A tabela foi elaborada considerando a carga uniformemente distribuída sobre a superfície da laje. No caso de cargas lineares ou pontuais devem ser feitas verificações adicionais..

 

    - O peso próprio é determinado considerando o peso específico do concreto igual a 2400kg/m3.

 

    - Os decks devem ser apoiados perpendiculares às nervuras.

 

    - Para evitar fissuras deve-se utilizar armadura composta por tela de φ3,8mm x φ3,8mm - 150mm x 150mm, a ser definida pelo calculista de concreto.

 

    - Quando houver continuidade das lajes e regiões de contorno de pilares, deve ser utilizada uma armadura negativa.

 

   - Na fase construtiva caso os vãos sejam superiores aos limites especificados na tabela (Vão máximo sem escoramento na fase construtiva) é necessário o escoramento.

 

    - As verificações com relação a situação de incêndio devem ser feitas de acordo com a NBR14323.

Exemplo de aplicação da tabela:

 

        Verificar uma laje de piso, com vão simples, sob uma sala de aulas (sobrecarga de 300kgf/m2), 100kgf/m2 de revestimento e um vão de 3m.

 

          - Carga total na laje: 300kgf/m2 + 100kgf/m2 = 400kgf/m2

 

          - Poderá ser utilizada a laje de 140mm de altura, com resistência de 481kgf/m2.

 

        - De acordo com a tabela de vão máximo sem escoramento na fase  construtiva, a laje deverá ser escorada. O vão máximo sem escoramento de uma laje simplesmente apoiada com 140mm de altura é de 2,6m.

 

             Obs.: o peso próprio é descontado na tabela, não sendo necessário somá-lo à carga total da laje.

 

 

Recomendações para Transporte, Descarga, Manuseio e Montagem

     1 - Ao descarregar ou içar o STEEL DECK usando equipamento, sempre colocar proteção lateral para evitar o amassamento das bordas.

 

     2 - No fardo do STEEL DECK as peças estão sempre no mesmo sentido. É importante observar para que as peças não sejam montadas invertidas, as duas calhas estarão sempre apoiadas nas vigas.

 

     3 - No recobrimento observar que o lado “A” é maior que o lado “B”, portanto “A” cobre “B”.

     4 - Nunca deixar as peças de STEEL DECK soltas sobre a estrutura. Caso o serviço não termine no mesmo dia, estes deverão ser amarrados às vigas.

 

     5 - Os arremates de bordas têm a função de conter o concreto ainda molhado, para que não escorra pelas ondas e laterais, alem de determinar a altura do concreto. Estas peças deverão ser soldadas nas vigas e/ou fixadas no STEEL DECK.

 

     6 - As peças do STEEL DECK deverão ser “costuradas” longitudinalmente na posição “A” sobre “B” no máximo a cada 500 mm com parafuso auto brocante ou rebite, formando uma malha homogênea.

 

     7 - Nunca deixar equipamentos ou materiais armazenados sobre o STEEL DECK.

 

     8 - O nº de pessoas deverá ser o mínimo necessário para o serviço de concretagem e deverão observar “ONDE PISAR” para não deformar o STEEL DECK, pois “ESTES PONTOS”, quando concretados serão locais propícios para deformá-los.

 

     9 - Conectores de cisalhamento poderão ser fixados por:

 

               a) solda elétrica sobre o STEEL DECK e viga de aço;

 

               b) eletro fusão.

 

     10 - ESCORAMENTO: Deverão ser escoradas ou não conforme indicação do projeto estrutural.

 

               a) Vigas de apoio entre 2 e 3 metros;

 

               b) É aconselhável fazer escoramento simples do STEEL DECK, visto que, a concretagem “normalmente” é feita por equipes sem experiência,  acontecendo “ACÚMULO DE CONCRETO” e concentração de pessoas, provocando deformações.

 

     11 - Armaduras, Tela soldada, conforme especificado pelo projetista deverá ser posicionado próximo ao topo do concreto -+ 20 mm, para prevenir fissuras na superfície do concreto, devido à retração e contração do concreto.

 

     12 - Aberturas na laje com STEEL DECK: Instalar as armaduras de reforço (conforme indicação do projetista) nas aberturas sem viga de contorno, prevendo uma forma de Isopor ou madeira, e só após a cura do concreto o STEEL DECK deverá ser cortado.

 

     13 - Outras necessidades de armaduras deverão ser previstas pelo projetista em caso de STEEL DECK em balanços (armaduras negativas), cargas concentradas e/ou sobrecargas acima da capacidade do STEEL DECK.

© 2014 por Patricia Alexandra Arouca. Orgulhosamente criado por Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now